Nós todos somos naturalmente Educadores

Reading time: 2 minutes

educação-imagem-para-perfil-da-pagina-380x249Constantemente colocada como questão fundamental, a Educação continua sendo um desafio paro o governo e para a sociedade.

O Brasil não é só um país ainda com autos índices de analfabetismo e evasão escolar, talvez seja possível dizer que o Brasil também é um detentor em diagnósticos sobre problemas de Educação.

Análises e estatísticas que há vários anos superam em grande escala as propostas de políticas públicas para mudar o quadro educacional de nosso pais . Ainda temos, segundo o ministério de educação aproximadamente 20 milhões de analfabetos. E os que não são, sequer concluem o básico. De cada 100 alunos matriculados no ensino fundamental 41 abandonam a escola bem antes de terminar o ciclo.

Os que continuam, apresentam auto grau de repetência em média gastam mais de dez anos pra concluir um ciclo de oito. Os que chegaram ao final e conseguiram um diploma, terão que  enfrentar um outro problema, em geral tiveram um ensino de má qualidade que resultou em aprendizado péssimo em menor conhecimento e menos habilidades para enfrentar a vida e o mercado de trabalho. As causas são as mesmas de sempre. Faltam investimento e competências. Faltam políticas públicas de Educação e falta também muita pedagogia.

A discussão que se abre em torno da Educação não se limita mais ao investimento público. É preciso também, na visão de educadores rever a ideia de ensino e a ideia de aprendizado.

O professor Rubem Alves autor de dezenas de livros e crônicas tem trazido pra esse debate um pensamento crítico e provocador. Instiga a família a um interesse de verdade pela educação. Instiga os Educadores a uma competência maior para o ensino. Instiga a todos por um ensino que antes de tudo, ensine a aprender. Provoca por uma educação romântica e estampa na capa do seu mais conhecido livro o sonho com uma escola que é possível existir.

. .

“A ESCOLA COM QUE SEMPRE SONHEI SEM IMAGINAR QUE PUDESSE EXISTIR”

Segundo Rubem, todos nós, temos uma sabedoria natural de ensino.

Baseando-se na história da humanidade. Pois os pais ensinaram os filhos de maneira tão bem sucedida, tanto que os filhos sobreviveram. Uma prova extraordinária disto é no ensino da linguagem. Não existe nada mais difícil pra ser ensinado do que a linguagem. É muito complexa!

No entanto, quem ensina a linguagem é a mãe analfabeta, é o pai ignorante, que nada sabem sobre teorias linguísticas, sobre consecução de linguagem. Ensinam de maneira NATURAL.

Nós todos somos naturalmente Educadores. Mas segundo Rubem, esse saber está soterrado por sedimentações de teorias e que os professores antes de aplicarem teorias, teriam que causar espanto, curiosidade e incitação. E incitados a pensar, usariam a sua curiosidade e depois seguiram por conta própria.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *